Escuridão

Estou com medo de nadar no mar
Formas escuras se movendo debaixo de mim
Todos os medos que eu engulo me deixam menor
Ocorrem coisas inconsequentes
Alarmes são acionados
Memórias se agitam
Não é assim que tem que ser

Tenho medo do que eu não sei
Eu odeio ser enfraquecido
Tenho medo de que eu posso ser o diabo
E estou com medo de ser divino
Não mexa comigo meu pavio é curto
Por baixo desta pele estes fragmentos capturados

Quando eu permitir que isso exista
Não há nenhum controle sobre mim
Eu tenho meus medos
Mas eles não me tem

Andando pelo matagal, para a casa na floresta
Quanto mais profundo eu vou, mais escuro fica
Eu espio pela janela
Bato na porta
E o monstro que eu tinha
Tanto medo
Jaz enrolado no chão
Está enrolado no chão como um bebê

Eu choro até eu que eu ria

Tenho medo de ser tratado como criança
Como se minhas bolas estivessem presas
Tenho medo de amar as mulheres
E estou com medo de amar os homens
Flashbacks vindo todas as noites
Não me diga que está tudo bem

Quando eu permitir que isso exista
Isso não tem nenhum controle sobre mim
Eu possuo meu medo
Então eles não me possuem

Andando pelo matagal, para a casa na floresta
Quanto mais profundo eu vou, mais escuro fica
Eu espio pela janela
Bato na porta
E o monstro que eu tinha
Tanto medo
Jaz enrolado no chão
Está enrolado no chão como um bebê

Eu choro até eu que eu ria